segunda-feira, 20 de julho de 2015

Férias Cinéfilas: Filmes que vi no recesso de inverno

let's fly together. ♥ | via Tumblr
Imagem

Estava mais do que na hora de falar de outra coisa a não ser dos meus próprios complexos e devaneios que não levam a nada. Enfim, agora vamos falar de filmes. Pois é, finalmente tirei o atraso e consegui ver um monte de filmes (quer dizer, para os meus padrões) nessas férias. Nunca tive o hábito de acompanhar as produções e além de ter muita vontade de conhecer mais o undo do cinema, sempre ficava boiando quando os meus amigos falavam sobre o assunto. Estou cada vez mais interessada, e já que não ando tendo muito capital para investir nos meus livrinhos, vou pelo menos vendo um filme.

Ok, chega de bla bla bla. Pensei em fazer uma resenha decente para cada filme mas percebi que não ia rolar, além do mais, não entendo muito de cinema então não acho que eu tenha muita propriedade para falar do assunto (não que eu tenha para falar de qualquer coisa). Só não me contive em fazer meus comentários, que não é de gente entendida do assunto, porém é de gente que não aguente não dar um só pitaquinho sobre tudo. Aproveitei e coloquei estrelinhas porque sei lá, é legal. Bom, é isso aí

✪ Muita Calma Nessa Hora 2

Vamos começar pelo pior, coincidentemente, o único nacional da lista. Não que eu ache que filmes nacionais sejam ruins, inclusive gosto muito de Muita Calma Nessa Hora mas essa sequência fez jus ao meu pé atrás com continuações e decepcionou. Como no primeiro filme, o segundo é um relato das aventuras de quatro amigas - Tita (Andréia Horta), Mari (Gianni Albertoni), Aninha (Fernanda Souza) e Estrella (Débora Lamm) - praticamente só mudando o cenário, de Búzios ao Rio, num festival de música, onde praticamente tudo (e nada) acontece. Sim, porque a história é bem fraquinha e totalmente solta. Parece até que pegaram boa parte dos comediantes da Globo, juntaram, fizeram qualquer coisa só para vender. Só não posso dizer que não está divertido, confesso que até gosto do Adnet fazendo o paulistão esterotipado e o Lúcio Mauro Filho como o chicleteiro (esse tá no filme só de enfeite). Assiste numa tarde em que você estiver na bad e precisando de um filme para relaxar, e só.

 Cinquenta tons de cinza

Acredito que não tenha mais nada que ninguém não já tenha falado sobre Cinquenta Tons de Cinza, e minha opinião combina bastante com a da maioria. História bem fraquinha e irreal - aquele tombo da Anastasia no início... -, Christian gatíssimo e sexy mesmo com aquele jeitão robótico dele o filme intero, Anastasia songa monga e todos aqueles probleminhas que todo mundo conhece. Sei que estou até errada em julgar sem ter lido o livro inteiro (li o primeiro capítulo e...zzz), mas se a coisa já é ruim no livro, como dizem, não tinha muio a se fazer a não ser que não baseassem o filme no livro. É óbvio que, assim como Muita Calma Nessa Hora, é um filme para vender, a grande diferença é que realmente fizeram esforço pra salvar a coisa inteira. Achei o longa todo elegante e bem feito. Os cenários, a fotografia, os ângulos, a trilha sonora incrível (escuto todos os dias). Pelo menos isso.

✪ O Garoto da Casa ao Lado

Cheguei a me decepcionar mais com O Garoto da Casa ao Lado do que com Cinquenta Tons de Cinza. É claro que o longa estrelado pela Jennifer Lopez é melhor por ter uma história mais complexa e tudo mais, porém eu esperava mais. É um suspense até legalzinho, até me fez refletir sobre assédio, o que caiu como uma luva para mim porque eu estava quebrando a minha cabeça para escrever uma redação justamente sobre essa assunto. Mas simplesmente não me empolgou.

✪ Garotas Inocentes

Garotas Inocentes é a cara da Sessão da Tarde. Conta a história de duas amigas de NY que decidem perder a virgindade antes de entrar na faculdade. Verão, praia, sol, sorvete, e elas se apaixonam pelo mesmo cara. Aí já viu né? No geral achei meio raso e previsível, mas fofinho. 

✪ Spring Breakers

Spring Breakers, quando foi lançado, atraiu olhares por motivos bem fúteis porque, na verdade, todo mundo queria mesmo era ver as estrelas teens dando uma de porra louca. Talvez por isso minhas expectativas já não eram lá tão grandes. Não posso dizer que elas foram superadas, mas o desenrolar da história foi bem diferente do que eu esperava. 

A história não tem lá muita coisa, quatro meninas entediadas na sua cidade natal cometem um assalto para viajar no spring break. Lá, rola muitas drogas e pegação, até que o traficante Alien entra na vida delas e aí começam os problemas. Por um lado, achei muito non sense, eles usam e abusam de cenas bizarras tipo uma simulação de sexo oral numa arma (mais de uma vez). Por outro lado, percebi que a intenção aqui não era exatamente passar uma história empolgante com começo, meio e fim, mas sim passar uma sensação. Tudo tem um climão meio psicodélico, o que me faz pensar se é assim que um drogado se sente. No geral, achei até interessante.

✪ Sniper Americano

Wow. Esse eu AMEI. Sempre ouvia meus amigos comentando sobre esse filme e ficava meio que boiando, com bastante curiosidade. Adoro filmes de guerra, mas sei lá, como o meu horário de cineminha era na madrugadona, preferi dar uma evitada em coisas mais pesadas porque né. Enfim. Minha irmã deu uma folguinha da tv numa tarde e eu consegui, finalmente, ver.

Filmes de guerra americanos geralmente me causam um certo incômodo pelo heroísmo excessivo de tudo que está do lado deles. Como eu já esperava, Sniper Americano seguiu essa mesma linha, mas não posso dizer que isso chegou a me incomodar. Porque, diferente da maioria, percebi verdade nisso tudo. Cinema serve para você ver o mundo de um ponto de vista diferente, seja ele qual for, e todo esse patriotismo se tornou "degustável" para mim justamente por não ser aquela coisa falsa, imaculada e tudo mais. Nota-se que quem fala realmente acredita no que diz.

Senti um jeitão meio de videogame, o que é mais um fato para explicar o fascínio que meus amigos têm por essa obra. Se você já achou que o trailer tem um baita clima de tensão, digo logo que o longa inteiro me deixou assim. Fico imaginando o próprio sniper, como não deve ser. É muito interessante, emocionante e tudo. Vejam. Vejam. Vejam.


Pois é meninas, esses foram alguns dos filmes que vi nas férias. Vou ficar devendo O Jogo da Imitação, A Culpa é das Estrelas, Malévola, Cinderella e Um Dia. Decidi dividir os posts para não ficar tão cansativo.

E vocês, já assistiram alguns desses filmes? O que acharam? 


5 comentários:

  1. Tenho muita vontade de assistir Sniper.
    www.garotadosuburbio.com

    ResponderExcluir
  2. O único filme que eu assisti desses que você mencionou foi 50 tons de cinza. Já tinha lido o livro e não gostei da história por n motivos. No filme, ela aparentou ser ainda mais fraca e previsível, confesso. Eu tava pensando em assistir Sniper Americano esses dias, depois do seu comentário, fiquei com mais vontade de ver ♥
    Beijos,
    Nalu
    www.coisasafins.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 50 tons de cinza realmente deixou a desejar, mas Sniper Americano... Veja. <3

      Excluir
  3. Faz um bom tempo que estou querendo assistir o sniper americano!! Adoro filmes de ação/guerra!!!

    bjus

    ResponderExcluir

Dê seu pitaco!