terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Aproveite a vista

*
Escrevi esse texto há séculos e por acaso o encontrei no rascunho do blog. Resolvi postar.
Desculpem os erros e o texto mal escrito, hihi.

*
Woooaaah, aloha.
IMAGEM
A vida passa, damos duro, crescemos, aparecemos e realizamos sonhos. Bem, isso não é regra, muito pelo contrário. Se você consegue realizar um sonho bobo, sinta-se realizada, muitos não conseguem. Mas uma coisa que eu vejo muito, é ver sonhos virarem rotina. Sabe, vejo gente que lutou tanto para alcançar os seus sonhos, que nem se lembram disso. Tudo virou tão monótono. Aquela viagem que você sempre sonhou, você já fez 10 iguais. Aquele carro que você tanto desejou, agora já tem um importado bem melhor. Ou aquela família que você sempre quis formar, hoje em dia parece tão chata pra você.

Acho que quem lê isso aqui não está ainda nessa fase, a maioria ainda está sonhando muito, conseguindo certas coisas, mas aposto que a vida que você sonha ainda não é sua realidade. Quando a gente não tem nada, ou melhor, quando a gente não tem tudo, sabia que de certa forma a gente é mais feliz? Sim, sim. Minha tia me contou uma vez da felicidade do seu irmão, anos e anos atrás, quando chegou a primeira televisão na casa deles. Ele contou para o bairro inteiro, ele estava feliz. Quando isso aconteceu, várias pessoas já haviam conseguido uma há décadas, e pouco se importaram em ganhar as novas. Essa alegria eles não tiveram. 

Mas isso foi há muito tempo, hoje a realidade é outra. Imagina você, com o seu blog pequeno, comemorando cada visita, daqui há alguns anos ter vários leitores? Será que a alegria vai ser a mesma? Se quer a resposta, eu não sei. Mas se imagine daqui há alguns anos. Sim, vamos supor que você conseguiu. Bem, talvez não dê o mesmo sorriso que antes, afinal, é normal. Mas lembre-se de onde você veio garota, e viva tudo isso como se fosse realmente o seu sonho, não esse encantamento se perder na rotina, não deixe que ele vire chato, normal. 

Vejo meninas ricas de berço, entediada com seus iPhones, iPads, iPods, viagens, roupas, "amigos", e seus pais entediados com o carro importado, a casa de praia, o iate e a mansão... tudo. Acho que essas meninas nem tiveram tempo pra sonhar com essas coisas todas, e por um lado tenho pena. Talvez seus olhos nunca vão brilhar ao conquistar alguma coisa, talvez um amor, amizade, mas num mundo onde o interesse reina, isso é bem complicado.

Talvez não tenha usado o exemplo da televisão muito bem, afinal, depois de décadas, ter esse objeto é quase básico. E não precisa contar para o bairro todo quando ganhar o seu iPhone, ou fazer sua primeira viagem internacional. Só não deixa o brilho dos sonhos que você vai realizando na vida, se apagarem. Cada vez mais eles vão ficando maiores, e as conquistas também. Chega uma hora que nem se tem muito o que sonhar, e acredite, a maior graça é o caminho até os sonhos, não a chegada.

Como diz Miley Cyrus, a vida não é sobre chegar ao outro lado da montanha, o importante é a escalada. Só não se esqueça de aproveitar bem a vista quando chegar ao topo.

Um comentário:

  1. Tem dia em que eu acho que o destino manda uns posts pra gente ler. Hoje foi um desses!

    ResponderExcluir

Dê seu pitaco!