quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Cinco músicas de quinta: para sonhar

20090818154641_large
Link da foto
Não sei se vocês perceberam, mas eu fiquei um tempão sem postar. A verdade é que eu estava com aquele temido bloqueio criativo, sem vontade, sem ânimo, uns dias cinzentos com a minha auto-estima lá em baixo e a vontade de desistir de tudo, lá em cima. Eita Fevereiro maldito, viu? Mas a gente tem mais é que enfrentar esses dias ruins, mandar a tristeza para longe e não desistir do nosso sonho. E é para quem está nos seus bad days, que nem eu, que eu dedico essa playlist.

Sabe quando a gente está decidido a correr atrás daquele sonho nosso, ou quando vamos deixando de acreditar que é possível? Passar numa faculdade concorrida, fazer uma viagem, ganhar alguma competição, ou perder peso, por exemplo. Todos temos sonhos e vivemos para realizá-los, ou pelo menos tentar. Para você que está motivada e principalmente para você que levou um tombo no caminho do seu sonho e está sem coragem de levantar, eu selecionei cinco músicas super inspiradoras para você agarrar seu sonho com unhas e dentes e acreditar em si mesma. Vamos lá?


Keep Going On - Avril Lavigne

Essa música é como uma palavra amiga, fala que você não está sozinho e é para você aguentar firme até conseguir o que quer. É uma música muito bonita, bem motivadora, e fica linda na voz de Avril. Acho que a música não tem clipe.

"Hear me when I say, when I say I believe"




Who You Are - Jessie J

Eu acho essa música linda, super inspiradora. A história dela também é muito bonita, Jessie escreveu num momento muito difícil de sua vida, para dar força a si mesma. A música diz que as vezes é difícil seguir nosso coração, mas que lágrimas não significa que você está perdendo. O clipe também é bem legal e simples, eu simplesmente amo essa música.

"Sometimes it's hard to follow your heart. Tears don't mean you're loosing."


The climb - Miley Cyrus

Duvido que você não conheça essa música, ela também é linda e te motiva demais. Fala que sempre vão ter desafios para você ultrapassar, ou melhor, sempre haverá outra montanha na sua frente e você não pode desistir de movê-la. E diz que as vezes sua fé se abala, mas você tem que manter a cabeça erguida e saber que as vezes você vai ter que perder. Não gosto tanto do clipe, mas a música é incrível.

"Always gonna be an uphill battle. Sometimes you're going to have to lose."



Mais uma vez - Legião UrbanaEssa é outra música que acho que todo mundo deve conhecer, seus pais devem adorar, e essa não precisa  nem de tradução. Assim como várias outras músicas do Legião Urbana, ela é linda. Fala que não tem ninguém melhor para você confiar do que você mesmo, diz que ninguém deve abalar seus sonhos,e que o sol sempre vai voltar amanhã. Tiro e queda para a sua desmotivação, para você mandar para o espaço quem está te abalando.

"Nunca deixe que lhe digam que não vale a pena acreditar no sonho que se tem. Ou que seus planos nunca vão dar certo. Ou que você nunca vai ser alguém."



Breakaway - Kelly Clarkson

Essa música fala de uma menininha sonhadora de uma cidade pequena, que bateu asas e voou para longe de lá, libertando-se e tocando o céu, mas sem esquecer as pessoas amadas que deixou para trás. Essa música é muito emocionante, principalmente para quem sonha alto e longe, ou para quem chegou lá. "Breakaway" na verdade foi escrita por Avril Lavigne, mas Kelly Clarkson a interpreta divinamente. É uma das minhas músicas favoritas e me emociona demais, pois acho que me identifico um pouco. O clipe é lindo também, bem inspirador.

"Make a wish, take a chance, make a change and breakaway."

Gostaram das minhas indicações musicais? Estão pelo menos um pouquinho motivadas?

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Falando de rótulos


Tá, vamos combinar que aparência atrai, aparência afasta, é natural, não? Por exemplo, você sempre vai procurar as pessoas parecidas com você e isso é mais que normal. Mas vamos lá, vamos tentar dar uma chance a pessoas diferentes também, vai que você descobre uma amizade legal ou até um namorado? É claro que tenho meus preconceitos (todos temos) o que acho bonito e o que acho feio, mas se você olhar as pessoas que me rodeiam, a maioria não tem nada a ver comigo e isso não quer dizer que elas não sejam pessoas legais, nem quer dizer que eu sempre goste do estilo delas.

Passeando pela internet, acabei encontrando o link de um vídeo falando sobre isso. Acabei clicando e achei muito legal. Andressa Damiani, uma vlogueira de Blumenau, SC, com um estilo super diferente e legal, dá um tapa na cara do preconceito com as tribos. Ela interpreta vários papeis (patricinha, metaleira, punk, nerd, emo...) de uma forma bem legal,e até engraçadinha, depois fala que não importa seu estilo, e sim o que você é. É bem legal mesmo, porque mostra que todo mundo tem direito de não achar algo bonito, mas mostra que a gente tem que aprender a olhar mais o interior que o exterior.


Também tenho que rever algumas atitudes minhas. E vocês, gostaram do vídeo? O que vocês acham sobre isso?




quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Cinco makes de quinta: para o Carnaval

Desejo-makeglitter_large

Confesso que eu não estou muito no clima de carnaval apesar que sempre gostei dessa época, mas sei também que muitas de vocês devem estar super animadas para a folia. Blocos de frevo, bailes, blocos de axé, ou até de samba, não sei, onde quer que seja a sua folia, carnaval sempre passa uma ideia muito legal de alegria. E que tal dar uma alegrada no seu look também?

Muita gente gosta de se fantasiar e eu também, mas se de repente você não teve grana ou tempo para isso? Se você tem que usar abadá? Ou se você simplesmente não gosta?

Concordo que não precisa ir toda montada, mas carnaval pede alegria, cores, brilhos e te permite usar a extravagância que nem sempre temos coragem de usar no dia-a-dia, e isso é bem legal. Quer deixar seu look com cara de carnaval? Aposte em chapéis coloridos e diferentes, perucas, máscaras, plumas (eu só digo que elas esquentam!), mas se você não tá afim de fazer nada disso, um bom make carnavalesco já te deixa linda para a folia. Separei cinco makes para deixarem vocês bem inspiradas!

Tumblr_lsr9u0foeu1qivmzpo1_500_large

1. Lápis colorido


Eu acho esse bem fácil de fazer e de encontrar, até já fiz num carnaval passado. É só colocar umas sombras  mais discretas na pálpebra e passar um lápis colorido em baixo. Tenho um da Avon (que também serve como sombra) dessa mesma cor e é bem baratinho.


Tumblr_mdrego3brv1r260j0o1_500_large

2. Glitter

Tem coisa mais glam que um bom brilho? Carnaval também combina com glitter, uma alegria mais chique, na minha opinião. Aposte em delineadores com glitter ou sombra com glitter. Dourado, prateado, preto, branco ou colorido, aí você decide! Nesse carnaval usei um delineador preto gatinho normal e passei um delineador com glitter prateado por cima (do Boticário Capricho, se quiserem saber de onde é). Ficou bem legal, pena que eu não tenho como mostrar fotos para vocês.

380811_228749493860580_114982095237321_569742_1877626082_n_large

3. Neon

Eu particularmente acho que o neon é uma coisa beeeem complicadinha de usar, pois os riscos de ficar over é imenso. Porém, acho que o neon bem usado fica muito legal. Eu particularmente não sou muito de sombras coloridas e chamativas demais, mas acho bonito em outras pessoas e dá uma boa alegrada no look de carnaval. Ah, acho essas coisas coloridonas lindas em negras ou garotas de pele escura.

Tumblr_lrn563fnmy1qa3kooo1_500_large

4. Delineador colorido

Ok, vamos combinar que esse make da foto é incrível. Mas vamos combinar também que debe ser muito difícil de fazer. Acho que o delineador colorido é uma forma mais glam de usar as cores. Acho que dá pra fazer com lápis de olho, sombra ou os delineadores líquidos coloridos mesmo. Acho lindo demais!

Tumblr_l9me6dz76n1qd9bjvo1_500_large

5. Batom colorido

O batom colorido foi uma daquelas tendências que deu o que falar, mas não pegou. Tem gente que acha feio mesmo ridículo, já outras não usam porque não tem coragem. Carnaval é época de ousar, então se você tem um batom com uma cor mais diferente, como um lilás, roxo, laranjão, azul, preto ou verde, sei lá, é a hora de tirar ele da gaveta e colocá-lo nos lábios! Talvez nesse caso se eu fosse usar eu faria um olho menos coloridão, mas como é carnaval, tudo pode! 


Minhas foliãs, gostaram das inspirações de make? Qual vocês usariam? Me contem!


PS: Gostaram da nova tag? Como na semana está mais complicado de postar agora que acabaram as férias, decidi apostar também em posts mais simples como esse, para não deixar tão desatualizado (isso não quer dizer que eu só tô postando para encher linguiça). Na tag "Cinco coisas de quinta", vou postar cinco coisas sobre um determinado tema, hoje foi o assunto foi maquiagem, mas pode ser música, filmes, livros, moda, enfim. Espero que gostem. 

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Ainda acham que é normal




Sapatilha bordô, meia 7/8, saia preta, corselet. Olhos delineados, boca vermelha, máscara de Veneza. Até hoje não sei do que estava fantasiada, mas será que acharam que era de palhaça? Éramos apenas uma família e alguns amigos reunidos para pular um frevo ou ouvir aquelas músicas toscas cheias de sujeira que só dá pra aguentar no Carnaval, sem fazer mal a ninguém.

Gosto de registrar esses momentos. Fotografei tudo o que pude. Gente pulando com dedinho para cima e de olhos fechados, a banda de frevo, a minha irmã vestida de Minnie, e as caras dos meus tios e tias quando nem sabiam que estavam sendo fotografados. As pessoas passavam com as suas fantasias elaboradas, criativas, ou até muito toscas, mas tudo o que era diferente era motivo para um clique. Fotos minhas para me lembrar desse dia... Não tenho mais nada disso.

É quando de repente chega um filho da mãe e arranca os registros de um dia feliz da sua mão, arranca a sua vontade de festejar, arranca a câmera que registrou parte da viagem mais incrível da sua vida, arranca seu carnaval das suas mãos, e deixa para trás com você, o medo, o ódio, a revolta. E isso não é tão fácil de arrancar.

No primeiro momento paralisei. Depois, vi meu pai correndo atrás do safado e fui atrás dele no meio da multidão, o coração acelerado, preocupado. Logo encontrei um policial, e o paspalho disse que viu tudo. Por que não fez nada? Devia ter perguntado, feito um barraco, sei lá. Então veio uma dezena de caras do BOPE para procurar o ladrão. De que adiantaria agora? Encontrei meu pai, são e salvo, eu agradeço, mas sem câmera.

Voltei para o nosso lugar. Deram-me água. Sentei na cadeira, tremi feito vara verde, tirei minha máscara e chorei.

Chorei porque estava em choque, chorei porque as minhas lembranças seriam logo trocadas por qualquer nota de 50 reais, chorei porque as pessoas tentavam me consolar sem sucesso (e isso irrita), chorei porque elas não vinham me consolar (e isso me faz pensar que não estão nem aí para mim), chorei porque estavam zombando do meu 'drama', chorei porque eu só queria deitar na minha cama e ninguém percebia isso! Chorei porque eu sabia que nada seria feito, chorei porque eu sabia que não seria mais a mesma, chorei porque eu poderia estar feliz como os outros.

Brasil, multidão, cachaça, música alta, vista bonita, gente feliz, e desgraçados que te tiram o que é seu sem dó nem pena. Disseram-me que isso acontece mesmo, e que é normal. Na boa, isso não é normal para mim. As pessoas são feitas de trouxas e acham normal, isso não deveria ser assim.

Saí sem nenhum arranhão no corpo, e nem me mostraram uma arma na verdade, mas agora eu sei o que é ser assaltada e as feridas que isso deixa na sua mente. Vou perdendo o pouco patriotismo que me resta, sem me orgulhar disso, querendo cada vez mais me mandar daqui, sabendo que isso acontece em qualquer lugar do mundo, mas imaginando que outros povos não vão achar absurdos como esse tão normais. 


Quem aí já foi assaltada? Aposto que muitas, infelizmente...

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

01/13


Confira tudo o que rolou no mês de Janeiro aqui no Pequena Aventureira!



Mostrei para vocês os presentinhos que ganhei de aniversário e de natal. Biju, livros, globo, vestido... 



Sabe aquele sonho de criança que você realiza? Contei como foi o meu dia incrível na Disneyland Paris!

Tumblr_m2a3sbc4gz1qit0n2o1_500_large


Separei os meus cinco covers favoritos de Glee!



Quem não adora fazer a festa na papelaria para a volta às aulas? Eu adoro! Mostrei tudo o que comprei, cadernos, agenda, canetas...



 Versailles, Louvre, Sacre coeur, Moulin Rouge, Torre Eiffel de noite... Saiba como foi o meu segundo dia em Paris.

Tumblr_m5dun92vm91qfji2jo1_500_large


Ainda não comprou sua mochila da escola? Separei umas lindas e com preços justos para te ajudar a escolher.



No fim/início de ano, todo mundo pega um caderninho e anota seus planos para o novo ano, não é mesmo? Comigo não foi diferente. Falei sobre minhas metas para o ano de 2013.



Contei como foi o dia em Frankfurt, meu último destino na Europa, e como foi a volta para casa depois de um mês e uma semana numa eurotrip. Como é bom voltar para casa... Como é triste sair da Europa...



Dei minha opinião sobre o livro "Apaixonada por palavras" da Paula Pimenta. Não tem como eu não me apaixonar pelas palavras dela, você se apaixonou também?

De qual post vocês gostaram mais?