quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Apaixonada por palavras - Paula Pimenta


Nunca havia lido nada da Paula Pimenta, a escritora queridinha do momento, autora das séries "Fazendo Meu Filme" e "Uma Vida Fora de Série", mas estava muito curiosa para ler suas séries e também seu livro de crônicas, "Apaixonada Por Palavras". Vou falar um pouquinho desse último.

Tem capa mais linda que essa, com M&Ms de letrinhas, fontes em vermelho e azul e o detalhe sutil da  crônica título ao fundo? Sei não, só sei que antes mesmo de me apaixonar pelas palavras da Paula, me apaixonei pela capa do seu livro.


O livro tem muitos detalhes encantadores. Como a data da escrita do texto embaixo do título, o coração rosa no fim dos textos e um trecho destaque por texto, com uma fonte mais fofa e rosa. A propósito, a fonte é bem legal, e apesar das páginas serem brancas (acho que todos os livros da Paula tem páginas brancas, correto?), acho que combinou bem com o resto do livro, que está perfeito assim mesmo.


Na orelha do livro, Eduardo Loureiro Jr., editor do site Crônica do Dia, site que Paula era colunista, falou que ela era apaixonante por meio das palavras e eu tenho que concordar. Na introdução, Paula fala que aprendeu que para fazer uma boa crônica não basta narrar um fato e opinar sobre ele, mas é preciso usar uma lente de aumento, colorir os acontecimentos do dia a dia, para que eles possam despertar emoções, causar reações. Objetivo alcançado com sucesso! É realmente uma leitura muito gostosa, e é muito legal notar toda a evolução dos textos de Paula desde 2000 a 2009.



Acho que gostei mais das crônicas iniciais, minhas preferidas foram "Regresso da Ilusão", "Para cada beijo, uma boca", "Início de paixão", "Gorducha, baixinha e dentuça", "Regime sazonal", "Nossa verdade", "Blecaute", "Oh, dúvida cruel!", "Demoníaca fábrica de chocolate", "Ausência presente", . Me identifiquei muito com "Quase uma chance", "Sem fio, sem charme", "Inveja transparente", e "Apaixonada por palavras".



As vezes eu discordava das opiniões de Paula, como em "Prioridades". Eu gosto e desgosto desse texto. No começo ela fala da injusta vida das mulheres dos tempos da vovó, falando que as pobres coitadas tinham um futuro certo: casar. "Para que escola, faculdade, pós e mestrado, se no dia seguinte ao casório elas já ganhavam um diploma fresquinho para dependurar na parede? 'Dona de casa com louvor!'" E quando casadas, tinham que seguir o marido para onde quer que ele fosse, sem direito de dizer não. Até aí eu concordo. Então ela começa a falar das mulheres modernas que muitas vezes preferem o emprego ao amor e dizendo que para ela, não seguir o amor, mesmo que não seja sua vontade, é uma prova de que você não o ama. Paula Pimenta que me desculpe, mas eu discordo totalmente do fim do seu texto. Discordo tanto que talvez até escreveria uma uma crônica só para discordar dela. 



Mas discordar não é um motivo para não gostar do livro. Descobri pelas suas palavras, que Paula Pimenta é extremamente tímida, romântica, e por vezes, também é antiquada demais para o meu gosto.  O maior defeito desse livro: é fino demais! Quero me apaixonar por novas palavras da Paula Pimenta, me identificar e discordar, e quero já!

Quem aí já leu "Apaixonada por Palavras" ou outro livro da Paula? Contem, contem!

12 comentários:

  1. Adoro Apaixonada por Palavras e a capa é mesmo linda! Amei sua resenha apesar de discordar em certos pontos (rsrs)

    http://meninademuitosvicios.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todas temos o poder de discordar! Obrigada!

      Excluir
  2. Eu sempre quis ler esse livro, mais não tive chance ainda, mais quando tiver vou ler :D. Adorei sua resenha flor
    http://faahsantos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Amei esse livro e sou apaixonada por suas palavras. Já li todos os livros de fazendo meu filme e o Minha vida fora de série. Vale a pena!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho FMF 1 mas ainda não li, quero ter o resto da série antes de começar a ler! haha

      Excluir
  4. quero muito ler um livro da autora, uma pena que é caro :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, nem tanto, vai! Livros sempre valem a pena! Mas se você não pode, pega emprestado, lê na livraria (muita gente lê livros inteiros na livraria, sem levar para casa, hehe).

      Excluir
  5. Eu amo esse livro! Ele é tão fotogénico né? haha! Sua resenha ficou ótima flor
    beijinhos
    http://www.momentosassim.com

    ResponderExcluir
  6. Quero muito ler este livro, amei a resenha !

    http://anacarolflowers.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Dê seu pitaco!