terça-feira, 14 de agosto de 2012

Só se valer a pena

*
Da série "achei no rascunho e decidi postar".
Só pra constar, não riam de mim porque eu escrevi isso quando eu tinha 13 anos.

*

Tumblr_m0g34hmqh51qmzhmeo1_500_large
http://weheartit.com/entry/34932397
Hoje, conversando com umas amigas, acabamos indo parar no assunto garotos. Comentei algumas preferências, e todas me acharam exigente, procurando alguém impossível. Elas não me entenderam bem.

Como sabem, moro em Maceió, Alagoas, nordeste, Brasil. Gosto da minha cidade, e das pessoas que aqui vivem, mas se uma coisa é certa é essa: aqui ninguém tem a ver comigo. É todo mundo tão igual, e me desculpem, mas se tenho o que reclamar daqui é que parece até que eu vivo num mundo tão diferente das pessoas, que eu não consigo comunicar-me muito bem com o outro. E se eu quisesse alguém do meu lado, eu queria alguém que realmente valesse a pena compartilhar a vida, ou alguns bons momentos dela.

Se tem um ditado que eu acho super correto, é o velho: antes só que mal acompanhada. E nem venham me rebater com: quem muito escolhe, com nada fica, pois ainda assim prefiro ficar com nada do que com algo que não me agrada.

É como se fosse lei estar com alguém ao seu lado, sem importar se essa pessoa é ou não para você. Sinto muito, mas eu sinceramente não queria ouvir um forró ou pagode com o meu namorado, ou ter alguém ao meu lado que não entende metade do que falo. Que mal há querer ao menos uma pessoa com um pouco de cultura e sonhos? Quero alguém com um cérebro na cabeça e não titica de galinha.

Se para as minhas amigas não importa, ao menos para mim importa. Sei que não existe razão para as coisas feitas pelo coração, mas pra mim essa coisa de que os opostos se atraem não cola, muito menos que os iguais se atraem. Pra mim, um casal se completa nas diferenças e semelhanças.

E outra, quando falo que não procuro, eu falo sério. Sou tão nova, e a vida vai acabar me mostrando essa tal pessoa. Essas minhas amigas me falaram que tudo isso é porque eu nunca me apaixonei. Acho que nunca me apaixonei mesmo, e nem sei como eu mudaria depois que isso acontecesse. Só sei que sou muito melhor só que acompanhada por alguém que não amo.

Julgam que essa pessoa não existe, e se acho muito pouco provável que realmente exista. Mas é aquela coisa, nunca sei quem eu posso amar. E tudo vale, no final, se eu achar que ele vale a pena.

4 comentários:

  1. "Quero alguém com um cérebro na cabeça e não titica de galinha." Show! Adorei o seu texto. Amiga, você não precisa de metade de laranja nenhuma. Tu já é uma mulher inteira!!!! Cometente, responsável. Viva a sua vida, sem se preocupar se vai ou não ter uma aliança no dedo!
    Beijos
    Diário Ciumento

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, isso mesmo. I'm a Single Lady, com muito orgulho, e sem sentir falta de nada!

      Excluir
  2. Adorei seu texto, e não acredito que isso seja um exigência, você apenas quer ser feliz.

    Adorei mesmo o seu blog, e já estou seguindo!
    beijos
    http://inexplicavelconsumismo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Mas se julgam exigência... enfim, estou muuito feliz e é isso o que importa. E estou solteira, mas feliz, e muuuito. :D

      Excluir

Dê seu pitaco!