sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Conversa com a blogueira: Mariana Godoy do Diário Ciumento


Mariana Godoy, de 15 anos, mora em Santo André, São Paulo, e depois de uma grande decepção amorosa, criou em dezembro do ano passado, o blog Diário Ciumento para desabafar. Hoje, além de textos de comportamento, Mariana adora postar sobre Moda e Fotografia. Ela sonha em ser médica, e é fascinada por Paris. Conheça um pouco mais Mariana Godoy, do Diário Ciumento.

Clique em Mais Informações para continuar lendo






"Pra começar, conta pra gente, como começou o Diário Ciumento? E há quanto tempo foi isso?

Comecei o Diário Ciumento em dezembro. Tinha acabado de sofrer uma decepção amorosa, a mais terrivel da minha vida. Parece meio estranho uma garota de 15 anos falar que foi decepcionada por um amor... Mas existe hora e data pra se decepcionar? Chorava todos os dias e precisava desabafar em algum lugar. Lembrei então que algumas blogueiras, assim como eu, criaram um blog para colocar em palavras seus sentimentos. Foi aí então, que coloquei mãos a obra.

Não, mas não é nada estranho. Meninas bem mais novas sofrem com essas coisas, a vida é assim mesmo. Mas até que ponto o blog te ajudou?

Até o momento que comecei a reparar que não estava sozinha. Recebi muitas vezes ao escrever textos, elogios e apoio das leitoras. Isso me motivou bastante. Por um momento pensei em desistir do blog, achava que era bobagem colocar minha raiva e desprezo em textos. Porém, quando notei a ajuda de meninas nos comentários, me motivei bastante. Percebi que todas temos decepções e medos dentro de nós mesmas.


Mas você não apenas posta textos, você fala de outras coisas também. Do que você mais fala, e do que mais gosta de falar no seu blog?

Sempre achei que ficar escrevendo e escrevendo textos não daria em nada. As pessoas gostam de informações e eu queria mostrar o meu melhor naquela página da web. Meus gostos e minhas experiências. Não sou profissional do ramo da moda, mas é um dos meus assuntos preferidos. Moda e fotografia. Acho que as duas coisas se conectam muito bem.



Sobre Paris, fica nitidamente claro que você ama aquela cidade, de onde surgiu esse amor todo pela cidade-luz?

Louca é pouco. Vou lhe contar um segredo: peguei uma garrafa e fiz um cofrinho, escrevi "Paris" nela. Coloco moedas todos os dias. (risos) Mas enfim... Essa paixão surgiu através de filmes, fotos e vídeos. Sempre fui uma pessoa muito curiosa, aparecia uma estatua grande no fundo da tela e eu já logo perguntava da onde havia surgido. Ouvia muitas blogueiras falando o como Paris era bela. E ficava encabulada com essa tal de "Paris". Curiosa como sempre, fui pesquisando e pesquisando e o amor foi crescendo e crescendo. Tenho essa paixão faz três anos. As pessoas falam que vou me decepcionar com a cidade, por causa dos franceses. Bem... Só indo para saber não é mesmo? E enquanto não viajo... Vou sonhando!


Ei, não é vergonha alguma juntar dinheiro para isso não, eu mesma coloco toda a minha mesada para fazer meu aniversário de 15 anos, coisa que sempre sonhei. E falando em sonhos, quais os seus maiores sonhos?

Seria egoísmo da minha parte falar que meu maior sonho é conhecer Paris. Estaria mentindo também. Lógico que ele faz parte. Mas o grande sonho mesmo, é poder ser alguém na vida e retribuir tudo, eu digo... Tudo, que minha mãe tem feito por mim. Muitas vezes ela abre mão de coisas importantes, para me dar outra sem importância alguma. Meu sonho também é poder ajudar as pessoas... Principalmente aquelas que dizem ter problemas com o próprio corpo. Quero fazer o bem pra alguém. E sobre sonhos paralelos, ver neve é um deles. Bobagem? Sei lá. Deve ser legal!

Sobre ser alguém na vida, li que você gostaria de ser Médica, mas faria Jornalismo se o blog crescesse mais. Você abandonaria seu sonho de ser Médica, para virar Jornalista, ou preferiria conciliar o blog com a medicina?

Fico fascinada ao ver Dr. House (seriado) e sempre me imagino vestindo um jaleco branco. Medicina é tudo pra mim. Mas realmente se o blog crescesse faria algo relacionado a Jornalismo, Turismo ou até Relações internacionais. E se eu tivesse tempo (porque sabemos que medicina exige muito), conciliaria sim, tranquilo! Com um pouco mas de esforço, é claro!


Falando mais sobre o futuro, até onde você quer chegar com o Diário Ciumento, e qual a importância dele na sua vida?

Eu me inspiro em muitas blogueiras. Como a Lia Camargo, Lu Ferreira e até mesmo, Bruna Vieira. Elas são grande fruto de inspiração pra mim. Sou tão fascinada, que um dia no twitter, a Bruna respondeu uma mention minha. Pronto, desabei de emoção. (Doida, né?) Dei print, Rt, Favoritei. Tudo para não esquecer daquele momento. Essas garotas, e principalmente a Bruna, mostraram-me que meninas comuns podem mostrar suas ideias para o mundo. Nunca pensei que ter blog seria tão divertido, e hoje eu só falo dele. Talvez seja essa a importância que ele tenha na minha vida... Diversão com responsabilidade.

Bruna Vieira... O que aquela mineirinha tem de tão especial heim? Ok, sabemos que são muitas coisas. Eu tive a oportunidade de conhecer ela aqui em Maceió, e fiquei muito, muito feliz. E mesmo assim, as vezes quando ela responde um comentário, ou um reply no twitter, eu fico toda bestona. (risos) Mas me fala como surgiu esse nome, Diário Ciumento?

Está ai o motivo da minha decepção novamente. Era uma pessoa muito ciumenta, mas me diga, o que tem de errado nisso? Quando sentimos ciúmes, significa que amamos. E meu ciúmes não era nada doentio. Sobre o diário, como eu disse... Precisava desabafar. Dizem que o papel é mais paciente que um homem. 

É, acho, que a entrevista acaba por aqui. Mas pra fechar, qual a sua dica de vida para as leitoras do Scarpim Vermelho?

 "Coloque sua independência no bolso, uma hora vai precisar dela para viver". Obrigada, Alice!"


E aí, gostaram de conhecer a Mariana um pouco mais? Agora corre pro blog dela, que tá cheinho de coisas legais, corre! Sigam ela no twitter também.


 Mariana, adorei entrevistar você! Tudo de bom na sua vida, e sucesso com o blog!


4 comentários:

Dê seu pitaco!